Em grandes cidades, onde imperam a impessoalidade e a velocidade, os moradores de rua são seres quase invisíveis para a maioria das pessoas. No entanto, você já parou para pensar que, atrás de um cartaz pedindo comida, pode haver histórias surpreendentes? Um projeto estadunidense chamado Rethink Homelessness (repense o desabrigo, em tradução livre) está dando voz a essas pessoas.

Em um vídeo para o projeto, que atua na Flórida, pessoas sem-teto foram filmadas com placas em que se leem coisas surpreendentes sobre o passado deles mesmos. Há placas, por exemplo, que dizem: “Eu construí robôs”, “Eu falo quatro línguas” ou “Eu tive uma bolsa para jogar beisebol”.

O vídeo está aqui embaixo. Na galeria de fotos aqui em cima, você pode ver a tradução das placas.

Sem mais artigos