O marinheiro americano, eternizado na foto em que aparece beijando uma enfermeira em plena Times Square em 1945, morreu no Texas, EUA, aos 86 anos. Conforme relatos da filha do ex-marinheiro ao “NY Daily News” nesta sexta-feira (14), ele sofreu um ataque cardíaco em um cassino, no último domingo, e não resistiu.

Glenn Edward McDuffie tinha 18 anos quando protagonizou a cena retratada pelo fotógrafo da revista Life, Alfred Eisenstaedt. A imagem, uma das mais emblemáticas da Segunda Guerra Mundial, foi registrada no dia 14 de agosto de 1945 de forma espontânea.

Como o fotógrafo não anotou o nome dos protagonistas após o registro, só em 2007 Glenn foi identificado como o marinheiro beijoqueiro.

“Eu estava muito feliz. Estava preso e corri para a rua para comemorar a rendição japonesa. Ela me viu gritando e com um grande sorriso no rosto. Eu fui direto em direção a ela e a beijei. Depois disso, apenas fui para o outro lado da rua pegar o metrô para o Brooklyn. Nunca dissemos uma palavra”, contou o homem à “Assosiated Press” anos depois.

Sem mais artigos