Maggy tem fetiche por balões

Uma mulher conhecida como Maggy BerLoon, de 31 anos, está chamando atenção com seu fetiche incomum por balões, explicando as maneiras que ela os usa como brinquedos sexuais e para fazer sexo em cima.

Ela começou a experimentar os infláveis ​​mais de uma década atrás depois de conhecer o marido Jan e descreveu-o como “um monte de diversão”.

Os que buscam este tipo de prazer são conhecidos como “looners” e apreciam os balões de várias maneiras, sejam eles de tamanho normal, muito maiores e em todos os tipos de formas.

Maggy, de Solingen, na Alemanha, disse que há uma emoção extra que vem de saber que o balão pode estourar a qualquer momento

“Balões de alguma forma despertam as pessoas, mas como podem ser inteiramente diversas”, disse ela, que espera que outras pessoas adotem esse desejo menos conhecido..

“Eu acho que para todos os looners, tudo se refere ao material, a forma, o visual, a sensação, a cor, a flexibilidade e a alta tensão que um objeto tão frágil pode tomar.

“A maioria dos Looners fica excitada brincando com balões, sentados neles, esfregando-os e fazendo sexo neles, sozinhos ou com uma ou mais pessoas. Outros adoram ver outras pessoas brincando com eles de uma forma provocante e sexy”, ressaltou.

Maggy também é a CEO da Balloons United, uma loja para os looners e fãs de balão. Ela está se abrindo para o mundo dos fetiches de balão, na esperança de educar estranhos e capacitar outros looners que podem sentir que estão sozinhos.

“Todos devem ter o direito de descobrir a si mesmos, assim como seus desejos, sem sentir medo ou vergonha”, disse.

“É tudo sobre como aproveitar a sua vida ao máximo, o que quer que isso signifique individualmente, É claro, se for legal e não prejudicar ninguém”, completou.

 

Sem mais artigos