A mulher mais velha do mundo, a japonesa Misao Okawa, completou nesta terça-feira (05) 115 anos de idade em sua cidade natal, Osaka, uma semana depois de ter obtido o reconhecimento oficial do “Guinness World Records“.

De acordo com a agência de notícias “Kyodo“, Misao recebeu como presente um buquê de flores, uma torta de frutas e um lenço dos empregados da casa onde mora, além de poder apreciar seu prato favorito: sushi e sopa de macarrão.

A idosa, nascida em 1898 e que em sua longa vida teve três filhos, quatro netos e seis bisnetos, agradeceu os presentes e exclamou: “Que buquê grande!”.

Misao se gaba de nunca ter sofrido uma doença grave e assegura que o segredo da longevidade é comer de maneira saudável.

Ela foi reconhecida como a mulher mais velha do mundo em 27 de fevereiro, um mês após a morte de outra japonesa, Koto Okubo.

Também vem do Japão a pessoa mais velha do mundo atualmente, Jiroemon Kimura, que vive em Kioto e fará 116 anos em abril. 

Sem mais artigos