Até onde você iria para encontrar seu pet perdido? Determinada a encontrar sua border collie, esta mulher do estado de Washington, nos Estados Unidos, chegou a pedir demissão para que a história tivesse um final feliz.

As férias relaxantes de Carole e Verne King ao estado de Montana se tornaram um pesadelo após a cadela Katie escapar pela janela do hotel no dia 20 de Julho. Eles acreditam que ela tenha se assustado com o barulho dos trovões e fugido enquanto os dois jantavam.

Carole contou ao site Bored Panda ter espalhado cerca de 500 folhetos pela cidade e arredores, criado grupos no Facebook para ter ajuda nas buscas, contudo, não obteve nenhum retorno. “Foi devastador, fiquei doente”, relatou ao jornal Daily Inter Lake.

Mas ela não desistiu. Carole, que trabalhava no correio, decidiu se demitir e dedicar seu tempo integralmente às buscas por Katie. Uma prova e tanto de amor.

O sacrifício teve um final feliz. Quase dois meses após o desaparecimento, no dia 15 de Setembro, a americana recebeu uma ligação de um homem dizendo que um cachorro parecido com o dos folhetos estava em seu quintal. Apesar do animal já ter escapado quando Carole chegou, ela não perdeu a esperança e saiu às ruas.

E foi durante essa andança, em conversa com um casal de idosos, que Carole conseguiu reencontrar o border collie de sete anos. “Quando a senhora começou a andar, ela apontou para uma árvore, onde tinha um ponto preto, e perguntou, ‘aquele é o seu cachorro?’ Ao me virar, era a Katie”, relembrou.

Encontrada em Montana, Katie perdeu mais de cinco quilos durante o desaparecimento e, de acordo com o laudo dos veterinários, estava severamente desidrata e em estado de inanição. Apesar de enfraquecida, a expectativa dos especialistas é que ela não tenha nenhuma sequela e recupere a força em breve.

Sem mais artigos