Carolee Bildsten era esperada na Corte de Lt. Christopher para responder um processo de novembro, quando a acusada atacou um policial com um vibrador. Carolee, no entanto, esqueceu a data do julgamento e, por isso, teve que pagar uma boa multa para as autoridades.

Carolee foi encontrada pela polícia nas proximidades de seu apartamento um dia depois do julgamento marcado, e teve que desembolsar US$75,000 por ter esquecido a data, que já está programada novamente para o dia 14 de janeiro.

A mulher de 56 anos foi presa em novembro, quando se recusou a pagar uma conta no restaurante Joe’s Crab Schack – ela foi escoltada até sua casa e, aparentemente transtornada, atacou o oficial com um dildo.

Sem mais artigos