Reprodução/WFLA

Um homem na Flórida (EUA) lutou bravamente contra um jacará de quase 9 metros para evitar que o réptil comesse seu cachorro de seis anos. O incidente ocorreu na última segunda-feira (8) no condado de Pasco.

O cãozinho Loki e seu dono, Trent Tweddale, caminhavam na beira de um rio, localizado na fazenda da família, quando um jacaré atacou o animal.

Tweddale relatou ao noticiário WFLA que o réptil pegou a pata de Loki e tentou levá-lo para a água. Na tentativa de defender o cão, o rapaz, que já atuou como sargente do exército dos Estados Unidos, agarrou a coleira e começou a puxá-lo de volta.

“Acabei em um cabo de guerra com esse jacaré e ele não estava cedendo […] Então soltei a coleira, entrei na água até a altura dos joelhos e comecei a bater na cabeça dele até finalmente soltar [o Loki]”, relatou Tweddale, que teve pequenos arranhões nas mãos.

Reprodução/WFLA

O cachorro precisou passar por uma cirurgia de emergência e quase teve a perna amputada.

“Quando o puxei de volta, os ossos estavam para fora e parecia que o membro estava pendurado por um fio”, descreveu o rapaz. “[A equipe veterinária] colocou placas de metal e parafusos, conseguindo reconstruir a área. Esperamos que ele possa recuperar o pleno uso das patas depois disso.”

Reprodução/WFLA

Tweddale contou ao jornal que pretende pegar o jacaré. Ele já montou uma armadilha na propriedade, mas ainda não obteve sucesso.

“Amamos muito nosso cão e eu lutaria com unhas e dentes por ele”, afirmou o rapaz.

Sem mais artigos