Você pode tentar o quanto você quiser, mas vai ser muito difícil superar John Greenwood no quesito “noivo romântico”. Esse rapaz passou 18 meses prospectando ouro para dar o anel de casamento mais exclusivo de todos.

John coletou centenas de pequenos pedaços de ouro em montanhas escocesas até ele ter o suficiente para fazer algum joalheiro fazer as duas alianças.“Foi um trabalho pelo amor. Foi um sentimento incrível quando eu coloquei o anel em seu dedo”, disse John ao Mirror. Para coletar as pepitas, ele usou materiais comuns de prospecção.

O ouro escocês é um dos tipos mais raros do metal – de tão raro, não está disponível no mercado. “Em sua forma natural, o ouro escocês tem pureza de aproximadamente 22 quilates (o máximo de pureza é 24 quilates) e um valor de mercado muito mais alto do que o ouro comum, graças a sua raridade”, explica John.

“Eu me sinto muito orgulhosa de John, e muito sortudo”, diz Morag Shearer, esposa do rapaz. “O anel é totalmente único e muito especial”, completa.

Especialistas afirmam que John teve muita sorte após ter coletado 34 gramas de ouro escocês em apenas alguns meses. Segundo eles, alguns garimpeiros podem passar a vida inteira sem juntar essa quantidade.

Sem mais artigos