A Guerra Civil na Síria é coisa trágica e desumana: desde o início dos conflitos, em 2011, mais de 220 mil pessoas morreram, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. No entanto, há amor em meio à violência. Fethullah Üzümcüoğlu, 24 anos, e Esra Polat, 20, são um casal turco que decidiu gastar o dinheiro de seu casamento para alimentar 4 mil refugiados sírios na cidade de Kilis, na fronteira coma Turquia. Eles passaram seu grande dia distribuindo comida a quem precisa.

O casal trabalhou em parceria com a ONG Kimse Yok Mu. Eles distribuíram refeições atrás de um balcão, vestidos em seus trajes de casamento. “Quisemos ajudar nossos irmãos sírios. Ver a alegria nos olhos das crianças refugiadas é algo que não tem preço. Começamos nossa jornada rumo à felicidade fazendo outras pessoas felizes, e isso é uma grande sensação”, disseram os noivos, em um comunicado divulgado pela Kimse Yok Mu.

“Achamos que dividir um grande jantar com nossa família e nossos amigos era desnecessário, sabendo que tantas pessoas necessitadas viviam ao lado”.

De acordo com a ONU, a Turquia já recebeu mais de 1 milhão de refugiados sírios. Ao todo, 4 milhões de pessoas deixaram a Síria para procurar abrigo em outros países.

Sem mais artigos