Ah, se no Brasil fosse da mesma forma como é na Holanda! Lá existe uma máquina, a Tiger Stone, que constrói ruas de tijolos, economizando muito tempo e esforço físico dos operários

Henk van Kuijk, diretor da empresa holandesa industrial Vanku, que fabrica a Tiger Stone, decidiu que as pessoas não deveriam mais precisar se ajoelhar no chão e ficar empurrando tijolos. Além de ser um processo muito lento, renderia muitas dores nas costas dos trabalhadores. Então ele inventou a máquina Tiger Stone, que você pode ver funcionando no vídeo abaixo.

<iframe class=”virgula-player” type=”text/html” width=”630″ height=”390″ src=”http://virgula.com.br/ver/video/10809″ frameborder=”0″></iframe>

O dispositivo é “alimentado” por tijolos e depois vai soltando todos alinhados perfeitamente, construindo uma rua de tijolos em pouco tempo, ainda mais se compararmos em quanto tempo o trabalho manual ficaria pronto. 

A máquina é operada por três pessoas, que ficam em sua plataforma organizando os tijolos depositados na Tiger Stone.  Os operários que definem o desenho a ser feito com os tijolos e, depois, a gravidade faz a sua parte, deslizando os tijolos em conjunto formando a rua.

A Tiger Stone é elétrica, quase não faz ruídos e tem um custo de manutenção muito reduzido. De acordo com Vanku, uma máquina com dois operadores pode abrir pelo menos 300 metros quadrados de estrada por dia. A máquina inovadora está disponível em três tamanhos: quatro, cinco e seis metros de largura. Os preços das máquinas variam de 60 mil a 80 mil euros (140 mil e 185 mil reais!).

Não há dúvida de que várias pessoas gostariam de ver a Tiger Stone em uma versão muito menor, para poder criar caminhos de jardim e pátios…

Sem mais artigos