Já viu uma flor com carinha de macaco? Esta orquídea da foto é originária da região sudeste do Equador e Peru e é bem rara de se encontrar.

 

A espécie nasce praticamente no meio das nuvens no alto das montanhas e seu nome verdadeiro é drácula símia – “símia”, referente às feições do macaco no miolo e “drácula” devido às presas de vampiro que formam as folhas. 

Segundo os pesquisadores, quando floresce, a orquídea descoberta em 1978 cheira a laranja. Simpática, não é mesmo?

Orquídea rara tem "cara de macaco"

Sem mais artigos