Uma ovelha foi encontrada por resgatadores do estado australiano de Victoria enquanto vagava sozinha por uma floresta. À primeira vista, os profissionais não conseguiram reconhecer o animal: envolto em lã emaranhada, chegou a ser comparado ao monstra fictício Yeti.

Pela quantidade de pelagem que carregava, os resgatadores julgam que a ovelha, nomeada de Baarack, foi negligenciada por anos. Na primeira tosa conseguiram retirar 35,4 kg de lã.

Em uma publicação no Facebook feita no dia 10 de Fevereiro, o santuário Edgar’s Mission, com foco em resgatar e acolher animais de fazenda, contou que a lã estava misturada a inúmeros galhos, gravetos e insetos mortos.

“A cada dia sua lã crescia mais e mais, e a situação se tornava desesperadora, enquanto suas chances de sobrevivência ficavam cada vez menores. Mas Baarack não entendia nada disso, tudo que ele queria era viver. E aproveitando cada momento, assim o fez”, descreveu a instituição.

Agora sob abrigo do santuário, a ovelha está “mais leve que nunca” e não precisará mais se esforçar para encontrar comida e água: “ela não será mais esquecida”.

De acordo com a publicação, Baarack apresenta alguns cortes no corpo e possui uma úlcera que será tratada.

Confira abaixo como ficou Baarack após a tosa:

Sem mais artigos