Funcionários da creche frequentada pelo filho de John Sulzbach, de Connecticut, ficaram chocados. O menino de 18 meses chegou à escolinha com um cigarro de maconha em sua lancheira

Preocupados, os professores chamaram a polícia, que acabou indo parar na casa do pequeno e fazendo uma revista geral nos cômodos para ver se encontravam mais alguma coisa, além da ponta que caiu por engano nas coisas do menino. Encontraram e levaram o papai legalize para esclarecimentos na delegacia. 

LEIA TAMBÉM: Quadrilha presa na Espanha levava cocaína em fraldas de bebê

Conforme informações de NBC Connecticut, John foi acusado de posse de substância ilegal e por prejudicar a moral de uma criança, mas foi liberado em seguida até a realização do julgamento no final do mês.

Esta não é a primeira vez que algo do tipo acontece. Em setembro deste ano, um aluno do jardim de infância levou para a escola, em Missouri, o cachimbo de crack usado pela mãe. A intenção da criança era mostrar aos amiguinhos. A mamãe viciada também foi acusada de posse ilegal e por expor a criança ao perigo. 

Sem mais artigos