Modelo e atriz, estrelando a peça “Gracias Lolitas”.

PARA NOOOOSSA TRISTEZA

Emilio: Paola! Da última vez que veio aqui você era solteira.
Bola: Faz tempo!
Paola: Pois é, você viu. Muitas coisas aconteceram nesse tempo.
Emilio: Porque você casou?!
Daniel: Decepcionou a gente.
Emilio: Por que você decepcionou o Brasil?
Paola: Porque eu encontrei meu príncipe.
Emilio: Não fale assim! Todo príncipe vira um sapo.

GRACIAS LOLITAS

Emilio: É um freak-show. É um circo que tem uma russa e uma brasileira e lá mulher barbada e todo esse esquema. É uma crítica a ditadura da beleza.
Evandro: Que legal, Emilio!
Bola: Ainda bem que ela ta lá. É feia, né?
Emilio: Ela fica em trajes sumários.
Paola: É circo freak, circo de aberrações que faziam sucesso no passado.
Bola: Tem o homem mais forte do mundo?
Paola: A gente tentou de tudo um pouco. A mulher macaco…
Evandro: A Monga! Tinha no circo em Uberaba.
Paola: Aparece uma louca que dá a idéia de transformar o circo em um show burlesque e todas as mulheres horríveis ficam lindas.

SUBMISSA

Silverinha: Agora eu queria saber uma coisa. Nesse relacionamento totalmente submisso, se você tiver uma cena mais caliente e dar um “picote da alegria”, ele suporta?
Paola: Dani…
Silverinha: Sem intimidades. Silverinha, por favor!
Bola: Olha que cara ignorante!
Paola: Silverinha, você é uma pessoa que não pode falar muito…
Bola: Ai!
Paola: Seu quadro no programa mostra você com várias mulheres e você tem um relacionamento sério. Ela sabe separar.
Silverinha: E ele sabe separar?
Paola: Sabe! Eu sou atriz. Não escolho o que tenho que fazer em uma cena.

Sem mais artigos