As autoridades antidrogas do Paraguai informaram neste domingo da destruição de 31 hectares de plantações de maconha durante uma operação realizada no departamento de Amambay, na fronteira com o Brasil.

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) detalhou que seus agentes destruíram essas plantações no terceiro dia de uma operação que conta com o apoio da Polícia Federal do Brasil e é realizada na zona de Capitán Bado, próxima de Coronel Sapucaia, no estado do Mato Grosso do Sul.

Durante o procedimento também foram apreendidos 10,2 toneladas de maconha processada, 665 quilos de sementes da erva e 13 acampamentos precários utilizados pelos cultivadores, que fugiram após perceberem a presença dos agentes.

O procedimento, que segundo a Senad se estenderá por outros vários dias, também conta com o apoio de um helicóptero das Forças Armadas do Paraguai.

Sem mais artigos