Zoe Sievwright, uma britânica de 29 anos de idade, sobreviveu a uma queda de 3.500 pés (1.066 metros) depois que ambos os paraquedas falharam!

Quando puxou a cordinha para abrir o paraquedas, Zoe percebeu que ele não havia sido acionado, então tentou abrir o paraquedas reserva, que também não respondeu corretamente aos comandos! 

Então Zoe percebeu que os paraquedas estavam completamente embaraçados e não iam abrir de jeito algum. “Eu pensei que seria o fim”, disse ela ao Daily Mirror.

A mulher de 29 anos, que é da cidade de Dundee (Reino Unido), milagrosamente quebrou apenas um tornozelo na queda. Impressionante, não é mesmo?! Ela teva a sorte de cair em um local onde fica localizado um pântano, o que suavizou o impacto da queda.

As equipes de resgate socorreram Zoe em Dundee e a levaram para o hospital da cidade de Ninewells para realizar uma cirurgia no tornozelo.

“Eu olhei para o chão e pensou que não havia mais nada que eu pudesse fazer. Eu não achei que sobreviveria”, contou Zoe, que ainda estava em pânico no hospital.

A paraquedista ainda contou que se preparou para o impacto e não se lembra de mais nada que aconteceu depois do choque com o chão. “Ela está se recuperando bem, mas ainda está muito abalada com a provação. Ela pensou que fosse morrer”, disse Joan, madrasta de Zoe.

“O paraquedas reserva chegou a abrir, mas Zoe não conseguiu remover as alavancas de direção e expandir o velame (armação de seda) do paraquedas, o que teria possibilitado um pouso com mais segurança”, disse Kieran Brady, presidente do clube de paraquedismo Skydive Strathallan.

Sem mais artigos