O russo Roman Fedortsov, de 39 anos, encontra ‘souvenirs’ bem inusitados em suas viagens de trabalho. Como pescador comercial, seu alvo são peixes como bacalhau, arinca e cavala, mas nunca se sabe o que aparecerá nas redes. Com tantas criaturas inusitadas, ele resolveu compartilhar esses encontros com outros usuários e ganhou fama no Instagram.

“Todos os tipos de peixe são bonitos de uma maneira própria”, ele contou à Press Association. “Não consigo dizer que são ‘assustadores’ ou ‘feios'”, disse, demonstrando sua admiração pela beleza marinha.

De acordo com o Daily Mail, a maior parte das espécies foi encontrada nos mares noruegueses e de Barents, enquanto outras são frutos do Oceano Atlântico. Mas engana-se quem acha quem as aparições são frequentes, “são uma raridade”, desmistifica Fedortsov.

Infelizmente, ao serem pegos, muitos não conseguem sobreviver “devido à diferença de pressão”, explica o pescador. Segundo o russo, enquanto os peixes comerciais são processados, as capturas fora do padrão se tornam farinha de peixe.

Confira alguns dos achados de Fedortsov:

Sem mais artigos