Existe amor na Península Antártica! Foi o que descobriu o fotógrafo romeno, Silviu Ghetie, durante uma expedição por Port Lockroy

Ele, que costuma retratar apenas humanos, disse ter ficado encantado com a paisagem e resolveu fazer vários cliques quando foi surpreendido pelos “pinguins apaixonados”. 

LEIA TAMBÉM: Cadela dá à luz 15 filhotinhos no Reino Unido

Crocodilo ganha sessão de depilação e massagem em salão de beleza

“Este é o primeiro retrato da vida selvagem que fiz na vida. Comecei a fazer fotos da paisagem, principalmente, porque fiquei espantado com a vista. A luz e a atmosfera eram realmente interessantes. Então, enquanto eu caminhava os pinguins apareceram”, relata Silviu.

Segundo o fotógrafo, que sempre achou os pinguins muito parecidos com os humanos, a cena foi engraçada por parecer que eles realmente estão de mãos dadas, como um casal de namorados. “Parecia que eram dois amantes de mãos dadas na frente de uma bela paisagem e olhando um para o outro. Como estavam muito longe do resto do grupo, fica fácil acreditar que estavam num momento romântico sozinhos”, diverte-se. 

O momento a dois, no entanto, foi interrompido por um terceiro que apareceu para atrapalhar os “pombinhos”, mas nem assim eles largaram as “mãos”. Muito amor!

Veja mais fotos na galeria. 

Sem mais artigos