Jamie Livingston

Reprodução/Bored Panda Jamie Livingston

Jamie Livingston não está mais entre nós. Mas seu projeto de fotografia incrivelmente íntima irá garantir que ele nunca vai ser esquecido. O projeto teve início em 31 de março 1979, quando o nova-iorquino (e, em seguida, um estudante universitário) tirou uma foto. Ele então decidiu clicar uma imagem todos os dias durante os próximos 18 anos, uma tradição que ele mantevedo até o dia em que morreu em 1997.

“Armado com uma Polaroid SX-70, Livingston documentou todas as facetas da sua vida diária, de amigos, familiares e relacionamentos, ao seu trabalho como cineasta e fotógrafo e os acontecimentos do cotidiano nas ruas de Nova York”, afirma o Bored Panda.

“O último estágios do projeto tornou-se mais introspectivo pelo sua batalha contra 0 câncer. Vemos a cicatriz de sua cirurgia no cérebro, vemos seu cabelo cair e vemos o anel de noivado que deu a sua namorada apenas algumas semanas antes de falecer em 25 de outubro de 1997. Jamie deixou para trás um projeto composto por mais de 6 mil imagens e neles deixaram o retrato de uma vida verdadeiramente notável, diferente de qualquer outra”, c0mpleta o site.

As fotos estão em um site chamado “Jamie Livingston: algumas fotos daquele dia”, mantido por Hugh Crawford e Betsy Reid, dois amigos de Jamie que se comprometeram a manter seu projeto vivo.

Sem mais artigos