Um detento da prisão laboral em Alberta, Canadá, está processando o governo. O presidiário alega ter sido atacado por uma vaca “agressiva e perigosa”.

Leslie Roland Johnson entrou com o processo no dia 7 de fevereiro, alegando que quando estava encarcerado no Bowden Institute trabalhava em uma fazenda anexa à penitenciária.

Enquanto cumpria com seu dever, Johnson foi “agredido” pela vaca, fazendo com que ele caísse e tivesse sérias contusões, incluindo uma fratura no ombro.

Ele conta que os carcereiros sabiam da agressividade e violência da vaca, mas não prenderam o animal adequadamente e nem avisaram o detento da periculosidade da mimosa.

Outro agravante foi a falta de atendimento médico. Um exame de raio-x só foi realizado dois meses depois do acidente.

Acusando o governo de não cuidar de sua saúde e segurança como um prisioneiro federal, ele exige 500 mil dólares! A indenização seria para compensar a dor permanente e redução de movimentos do ombro direito, além de custear uma cirurgia que já aconteceu e outras que ele possivelmente se submeta.

Sem mais artigos