príncipe Charles, primogênito da rainha Elizabeth II da Inglaterra, se transformou nesta quinta-feira (19) no “herdeiro mais velho” ao trono da história britânica, informou o jornal “The Times“.


Charles bateu este recorde ao superar os 64 anos, dez meses e cinco dias, a mesma idade que tinha Guilherme IV quando acedeu à Coroa britânica em 1830, após a morte de seu irmão Jorge IV.

Aliás, o filho mais velho da rainha Elizabeth, que completará 65 anos no próximo mês de novembro, já quebrou várias marcas graças à longevidade de sua mãe, de 87 anos.

Há dois anos, o príncipe Charles se transformou no herdeiro que durante mais tempo serviu como primeiro aspirante à sucessão ao trono, após bater o recorde que até então era Eduardo VII, o pai de seu tataravô.

Charles se tornou herdeiro da Coroa britânica com apenas três anos, quando sua mãe assumiu o trono no dia 6 de fevereiro de 1952, enquanto Eduardo VII já nasceu herdeiro, tendo em vista que sua mãe, Vitória, já era rainha.

No entanto, o pai de William e Harry é o terceiro membro da realeza britânica que ostentou durante mais tempo o título de Príncipe de Gales, ficando atrás de Jorge IV e de Eduardo VII, que assumiu tal condição quando tinha apenas um mês de vida.

Elizabeth II também deverá se tornar a soberana mais longeva da história britânica, embora tenha que esperar até 2015 para bater o recorde da rainha Vitória.

Sem mais artigos