Dizem que, para se viver de verdade, é necessário escrever um livro, ter um filho e plantar uma árvore. A gente já cansou de ver por aí pessoas que partem sem conseguir realizar nem uma dessas três coisas, mas, graças a este projeto italiano, agora é possível morrer E plantar uma árvore ao mesmo tempo.

Capsula Mundi

Esqueça caixões pesados e cemitérios mórbidos, que dão aquela deprê ao visitá-los: ao criar a Capsula Mundi, a ideia de Anna Citelli e Raoul Bretzel é meio que levar à risca a frase “do pó viestes, ao pó voltarás”. Por isso, desenvolveram uma cápsula onde é inserido o corpo do morto em posição fetal. Aí, a cápsula é enterrada junto com a raiz de uma muda de árvore (que pode ser escolhida de acordo com a região da Itália onde a pessoa passará o resto de seus dias). O material da cápsula é biodegradável, bem como nós somos, e a árvore se alimenta dos nutrientes liberados por ele. Por fim, ao enterrar todos seus parentes no mesmo lugar, você terá plantando uma floresta de… gente morta!

Talvez o tiro tenha saído pela culatra? Ou a gente já aceitou que, depois de milhões de anos, é possível que em cada canto que a gente pise tenha sido leito de morte de um antepassado? Enfim, fica a dica: já é possível plantar aquela tia no quintal da sua casa!

 

Sem mais artigos