Se você perguntar a qualquer pessoa quais são os piores jeitos de se morrer, com certeza “afogado” será uma das respostas.

Porém Stig Severinsen não precisa se preocupar muito com isso. Apelidado de ‘O Homem Que Não Respira’, ele detém o recorde mundial de maior tempo sem respirar debaixo d’água: impressionantes 22 minutos sem ar, usando seu “estado zen” como principal recurso.

Ele também possui o recorde de mergulho mais profundo, atingindo 152m e 40cm em apenas 2 minutos e 11 segundo.

“Depois de segurar a respiração por 22 minutos eu me sinto até que bem”, afirma o homem de 41 anos. “O momento mais estressante é antes do mergulho, mas aí eu entro na minha zona”, referindo-se ao seu estado de meditação profunda.

Stig começou a treinar o mergulho livre em 2003, e no final desse mesmo ano ele já havia quebrado três recordes, e aperfeiçoou sua técnica de meditação durante 10 anos antes de ficar 22 minutos sem ar.

“Seus batimentos cardíacos diminuem bastante, sua pressão sanguínea muda e sua mente se desloca”, afirma o mergulhador. Ele explica que esquece todos os seu problemas, e sua atividade cerebral te leva para um perfeito equilíbrio de sua vida. Para atingir esse estado, ele recomenda se focar em algo que você ama muito.

Stig Severinsen se aposentou dos recordes e agora passa seu tempo ensinando sua técnica para todos, desde crianças em clubes até o exército.

Em teste feito aqui na redação, consegui alcançar uma marca muito próxima ao recorde de Stig: 1 minuto e 40 segundos. Tá, não foi tão perto assim… mas eu nem meditei antes, então tá valendo!

Sem mais artigos