Depois dos cat cafes, parece que finalmente chegou a vez dos amantes das ovelhas – sim, eles existem – poderem desfrutar de uma boa comida acompanhados desses bichinhos cheios de lã. E adivinha de qual continente essa invenção veio? Uma dica: começa com “A” de Ásia.

Em Seul, capital da Coreia do Sul, um dono de restaurante resolveu adicionar um pouco de fofura ao seu estabelecimento. Em 2011, Lee Kwang-ho decidiu que ele iria acompanhar a tendência de cafés que têm animais fofinhos circulando pelo local para aumentar a clientela. O Thanks Nature Café tem duas ovelhinhas que ficam dando um rolê pra lá e pra cá, pedindo comida e carinho para os visitantes.

Segundo o proprietário, o movimento nunca foi tão grande como em 2015. Ele conta que o aumento de visitantes coincidiu com o Ano da Ovelha, segundo o calendário lunar que é bastante popular na Ásia. Ele conta que com tantos coreanos querendo passar o ano ao lado de ovelhas por causa do calendário, seu restaurante oferece uma alternativa bem mais fácil do que ir até a alguma fazenda.

A surpresa, porém, é que tanta gente do mundo inteiro tenha ficado sabendo do pequeno café de Seul. “Eu não sei como este lugar ficou conhecido no mundo, mas eu tenho visitantes de todo o mundo que vem para ver as minhas ovelhas: da Macedônia,  Arábia Saudita, Nova Zelândia e até mesmo alguns países que não conheço bem”, disse Lee.

As duas ovelhas são moram e vivem lá no restaurante e sempre tomam um banho antes de circular pelo local. É fofo, limpinho e asiático, não tem erro.

Sem mais artigos