A maior árvore de Natal flutuante do mundo foi inaugurada esta noite na Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio de Janeiro com um espetáculo de luzes, música e fogos de artifício, que convidou a uma viagem pelas quatro estações.

Milhares de pessoas se reuniram nas margens da Lagoa para presenciar o acendimento inaugural da árvore de 85 metros de altura e 542 toneladas de peso, construída sobre 11 enormes boias.

Iluminada por 3,1 milhões de luzes, a árvore é certificada pelo livro Guinness dos Recordes como a maior do mundo sobre a água, segundo a empresa Bradesco Seguros, organizadora do espetáculo.

Os jogos de luzes da árvore começaram com a queda das folhas no outono, seguido pelo inverno, com iluminação em branco e efeitos que simulavam flocos de neve.

A primavera iluminou a árvore com flores de cores e finalmente o verão foi representado com luzes amarelas, a cor do sol.

Na inauguração, precedida por uma queima de fogos de artifício, foi apresentado o espetáculo “Todos os natais do mundo”, que levou o público à magia das mais tradicionais celebrações natalinas.

O espetáculo incluiu uma adaptação livre de “O Mágico de Oz” na qual os personagens de Dorothy e do Mágico fizeram uma viagem virtual por Jerusalém, Roma, Moscou, Nova York, Londres e Rio de Janeiro para mostrar o Natal.

A representação de uma suíte do balé Quebra-nozes, de Tchaikovsky, completou a festa, que marca o começo da temporada natalina no Rio de Janeiro.

Sem mais artigos