Você já deve ter ouvido falar em bulimia, a doença “prima” da anorexia, certo? Mas como perceber se um amigo seu sofre deste mal? E o que fazer se isso estiver acontecendo?

Diferente do anoréxico, quem tem bulimia não para de comer e não perde tanto peso, o que torna mais difícil perceber que algo está errado. Mas há outros sinais que indicam o problema. “A pessoa come compulsivamente e logo em seguida vai ao banheiro. Além disso, o bulímico tem vergonha de comer na frente dos outros, não gosta de freqüentar restaurantes e geralmente é uma pessoa mal humorada.”, conta Adriana Dreysuss, psicóloga e especialista em bulimia.

“A doença é um transtorno alimentar que leva ao pânico de engordar, o que faz com que a pessoa tenha compulsão por comer e que vomite ou use laxantes para eliminar o que ingeriu antes que seja absorvido pelo corpo. Se você reparar que alguém pode estar passando por isso, é importante que converse diretamente com a pessoa, sem nunca invadir seu espaço, como falar com a família sem seu consentimento, por exemplo. O primeiro passo é descobrir se o bulímico sabe que isso é uma doença e que precisa de tratamento”, completa a psicóloga.

A bulimia atinge, na maioria das vezes, as mulheres jovens e o tratamento requer uma equipe multidisciplinar com psicólogo, psiquiatra e nutricionista além da ajuda de antidepressivos. Segundo Adriana “é quase impossível curar bulimia apenas com terapia, o tratamento completo é essencial”. Lembre-se que é muito importante a calma e sutileza na hora de abordar alguém para falar sobre o assunto, visto que a pessoa costuma ter muita vergonha e tende a negar a situação.

Sem mais artigos