A Polícia da Colômbia deteve “Rambo“, o chefe regional da quadrilha Los Rastrojos, de Valle del Cauca, depois que sua namorada publicou em redes sociais uma selfie com o segurança do criminoso.

“As selfies que estavam postando permitiram, entre outras coisas, confirmar o lugar onde ele pôde ser capturado”, explicou em entrevista coletiva o diretor da Polícia Nacional da Colômbia, o general Rodolfo Palomino.

Na foto, a namorada de Edwar Marín Zapata e o segurança aparecem sorridentes. A imagem mostra que eles estão em um lugar com uma cerca branca ao fundo, o que fez a inteligência localizar a casa onde estavam na zona rural do município de Toro, no departamento de Valle del Cauca.

O criminoso detido era o cabeça do grupo desde setembro de 2013, quando seu antecessor, conhecido como “Picante”, foi detido.

“Rambo fazia alarde de sua atividade criminal. Usava armas de fogo de longo alcance e posava em fotos. Elas foram importantes na busca que vínhamos fazendo há seis meses”.

A polícia encontrou fotografias de armas e, inclusive, uma composição na qual aparece um fuzil, um boné e balas formando a frase “te amo”.

O criminoso é acusado de tráfico de drogas, formação de quadrilha e homicídio agravado.

Sem mais artigos