NekNominate é um jogo que nasceu na Austrália e rapidamente se espalhou pela Nova Zelândia e África do Sul, chegando também a alguns países da Europa. O game incentiva as pessoas a fazerem vídeos e selfies enquanto ingerem bebidas alcoólicas de forma descontrolada, praticam alguma loucura ou superam desafios. 

Os registros são publicados em páginas do Facebook, como Best neknominations e NekNominate. Já foram confirmadas mortes de participantes, como a de Jonny Byrne, de 19 anos, de Leighlinbridge, na Irlanda, que se jogou no rio e teve seu corpo encontrado horas depois, e Ross Cummins, um DJ de Dublin que foi encontrado inconsciente em uma festa, mas não resistiu. 

De acordo com as regras, o participante que vencer o desafio tem de nomear dois amigos para entrar no jogo, como em uma corrente. O lema é: “It’s not a crime to get drunk” ou, em tradução livre, “Não é crime ficar bêbado”. Mas Brent Lindeque, um jovem sul-africano, decidiu fazer algo diferente quando foi nomeado, adicionando um toque de caridade para a tendência.

Em seu vídeo, intitulado “A NekNomination de um sul-africano”, ele é filmado dirigindo e falando para a câmera, agradecendo ao seu amigo por sua nomeação. “Eu vou lhe mostrar como os sul-africanos sabem fazer melhor”. 

Com dados sobre a pobreza na África do Sul aparecendo na tela, Lindeque dá um sanduíche, uma barra de chocolate e uma garrafa de Coca-Cola a um sem-teto. Ele, então, nomeia dois de seus amigos a fazerem o mesmo. O vídeo, publicado na última sexta-feira (31), já chegou a quase 250 mil visualizações no YouTube.

Veja o vídeo:

Sem mais artigos