Sete homens de uma mesma família morreram perto da cidade de Peshawar, no noroeste do Paquistão, pela explosão de um televisor carregado com explosivos e enviado por uma família rival, informou neste domingo (12) à Agência Efe uma fonte policial.

“Ambas as famílias tinham uma disputa por terras e uma delas conseguiu introduzir um quilo e meio de explosivos em um televisor”, disse o responsável local de Polícia, Sajad Khan.

A bomba foi ativada à distância e também deixou feridas três pessoas, que foram levadas ao principal hospital de Peshawar, a capital da conflituosa província de Khyber-Pakhtunkhwa.

Esta fonte acrescentou que ambos os clãs pertencem às zonas tribais próximas, onde o trabalho policial é especialmente difícil, por isso que ninguém foi detido ainda, “embora desde ontem à noite os agentes esteja procurando os responsáveis”.

“Este incidente não parece estar relacionado com o conflito com os militantes (denominação que dão as autoridades às milícias talibãs e jihadistas), embora seja possível que algum grupo tenha dado apoio logístico a alguém de sua família”, disse Khan.

Televisão-bomba mata 7 membros de uma mesma família

Sem mais artigos