Nadador brasileiro e medalhista olímpico.

MEDALHA DE PRATA

Emilio: Ele nos trouxe aqui a medalha de prata, muito bonita, muito elegante…
Bola: Pesada…
Evandro: Elegante… gostei!
Emilio: Poucos tem o privilégio de ir à uma olimpíada, quanto mais subir ao pódio, não é verdade?
Thiago: Verdade, foram muitos anos brigando pra estar no pódio olímpico e finalmente consegui em Londres.
Emilio: É muito difícil estar numa olimpíada, né?
Thiago: Estar numa olimpíada já é um sonho para um atleta, é a competição de maior nível. Chegar numa final, nem se fala. Chegar no pódio é para poucos.
Emilio: E o pessoal ainda reclama: “Nossa, você não trouxe o ouro”.
Thiago: É verdade.

TORCIDA BRASILEIRA

Emilio: A torcida brasileira é muito exigente, né?
Evandro: Ingrata.
Thiago: Um pouco. Já tive a oportunidade de participar de outras duas olimpíadas. Uma fui quinto e a outra quarto. Então já ouvi muita coisa de que o Thiago nunca vai conseguir uma medalha.
Bola: Sempre o quarto…
Thiago: Querendo ou não, o quarto lugar te coloca como o quarto melhor do mundo.
Emilio: Vocês falam que brasileiro é muito exigente entre vocês?
Thiago: Eu acho que o brasileiro é muito acostumado com o futebol. Querendo ou não…
Emilio: Não é isso. Brasileiro não gosta de esportes. Ele gosta é de vencedores.

É CHATO

Emilio: Me fala uma coisa. Ser nadador é chato pra caramba, né?
Thiago: Tenho que assumir, não tem jeito.
Bola: O cara fica dez horas na piscina.
Daniel: Cheiro de cloro.
Thiago: Tem dia que é chato. Já tive meus 15,16 anos treinando 5h da manhã e depois tendo que ir ao colégio e até hoje.
Emilio: Geralmente ma pessoa começa na natação por ter asma.
Bola: É, a mãe obriga.
Thiago: No meu caso foi porque acabei pulando na piscina quando tinha um ano e meio e quase morri afogado. Minha me colocou na natação para aprender a nadar e sobreviver. Aí acabei continuando.

Sem mais artigos