Não é só no Brasil que os usuários do trem e do metrô têm motivos para reclamar de atrasos e outros imprevistos que atrapalham a viagem. No início do mês, os passageiros da cidade de Ashford, em Kent na Inglaterra, sofreram com um atraso de uma hora em sua viagem de volta para casa. O motivo? O guarda que recolhe os bilhetes estava comendo um sanduíche!

 

“Foi talvez a desculpa mais ridícula que alguém já deu sobre o atraso de um trem. Todo mundo ficou boquiaberto”, disse um dos passageiros ao “Telegraph”. Segundo a companhia Southeastern, que foi eleita a pior do Reino Unido em pesquisa realizada no ano passado, os funcionários precisam (obrigatoriamente) fazer pausas de uma hora para lanchar. Detalhe, precisa ser no momento em que o trem vai partir?

Conforme informações do jornal britânico, o maquinista estava a postos na hora certa, mas a locomotiva só poderia partir quando o guarda estivesse presente, fato que só ocorreu após a degustação de seu sanduíche de frango acompanhado de um saco de batatas fritas. 

“Nenhum dos passageiros tinha comido seu jantar, estávamos todos famintos”, disse outro passageiro revoltado, que apesar da fome, foi obrigado a esperar o trem para poder voltar para casa. 

Em nota, a companhia ferroviária lamentou o ocorrido, afirmou entender a frustração dos passageiros quando os serviços são atrasados, mas que o segurança “tinha o dever” de fazer o lanche. 

Sem mais artigos