Quem?!?! A dona Fifi da Escolinha do Gugu e capa da Playboy de dezembro de 2011

INÍCIO
Emílio: Vanessa, me diz uma coisa, você começou cantando, não foi?
Vanessa Zotth: Não, eu comecei no Fantasia.
Bola: No Fantasia!!
Emílio: No Fantasia, sério? Que ano foi isso?
Vanessa Zotth: Eu tinha 14 aninhos na época.
Emílio: Sério? Então você começou cedo.
Vanessa Zotth: Comecei bem cedo.
Emílio: Mas que turma era com você lá?
Vanessa Zotth: A Amanda Françoso, a Jackeline Petkovic, a Tânia Mara…
Emílio: Que fim levou a Jackeline Petkovic? Ela era bonitinha.
Bola: Deve estar encostada, né.
Vanessa Zotth: Não faço ideia.
Emílio: vocês não ficaram amigas lá? Vc é amiga de alguém de lá?
Vanessa Zotth: Não. Tenho alguns contatos, assim, de Facebook, de algumas menininhas que me acharam. Mas, assim, com as apresentadoras eu não mantive contato, não.
Emílio: Mas você tem saudade dessa época ou não? Acho que ninguém tem saudade dos 14 anos, não é?
Vanessa Zotth: Ah, eu tenho. Foi uma fase boa que eu vivi. Foi minha primeira experiência na Tv. Eu tenho saudade. Foi uma conquista grande pra mim, na época. Muito grande, aliás. Eu morei em São Bernardo-SP, depois fui para Minas Gerais…
Emílio: Você é mineira?
Vanessa Zotth: Não, mas minha família toda é. Daí quando eu voltei para cá e fiz um teste com mais de cinco mil meninas. Então foi uma conquista legal.

MINEIRAS
Emílio: Por que as mulheres mineiras gostam de se fazer de santa? Sendo que são terríveis.
Bola: São o capeta!
Pior: Porque as santinhas valem mais no mercado.
Vanessa Zotth: Mineira, igual dizem em Minas, “o trem é tentado”!
Bola: É! Dizem que mineira é fogo!
Emílio: Mas por que isso? Vocês aprendem?
Vanessa Zotth: Não sei se é porque elas ficam lá, muito presas no inteiror, daí quando chega alguém de fora elas vão pra cima. Ou o contrário, quando elas vêm para fora, elas vão para cima.
Emílio: Quando você olha uma mineira, você dá seu devido valor. Porque ela dá um migué. Quem a Vanessa. Ela não é assim.
Bola: Não é mesmo.
Emílio: A gente sabe que ela não é assim porque a gente se conhece faz tempo. Mas você, que é mineira, você aprende isso com a família? É cultural?
Vanessa Zotth: Acho que tem a ver, sim. Acho que está no sangue da mineira. Fazer a linha fina, ser mais centrada. Mas no fundo!
Bola e Emílio: No fundo!!

DONA FIFI
Emílio: E agora vocês está com grande destaque no Gugu, fazendo a Dona Fifi que é uma personagem muito forte lá, não é?
Vanessa Zotth: Muito! Eu estou muito feliz por estar com esse personagem. Acho que é o momento, de fato, que eu estou ganhando reconhecimento das pessoas. AS duas fases da minha vida profissional que eu tive mais destaque foi no Pânico, que as pessoas lembram até hoje do “Lingeries em Perigo”. Mas agora, com a Fifi, é o maior destaque que eu já tive com certeza.
Bola: E como você foi parar lá?
Vanessa Zotth: Então, eu estava no “Ballet do Gugu”. Daí o diretor abriu espaço para todas as bailarinas.

Sem mais artigos