O vulcão Etna entrou em erupção novamente e violentamente no último 11 de novembro e, desde então, vem produzindo explosões regularmente. Algo curioso, no entanto, anda ocorrendo no intermeio destas explosões: círculos perfeitos de vapor expelidos pelo vulcão. 

Os cientistas ainda não estão inteiramente de acordo de como o vulcão é capaz de produzir este evento, que tem paralelo com círculos em vortex produzidos por golfinhos e baleias (ver vídeo abaixo).

O especialista em vulcões, Dr. Tom Pfeiffer, fundador de site VolcanoDiscovery, acredita que a razão para estas formações seria a mudança estrutural ocasionada pela violenta erupção, o que, provavelmente, teria conformado o vapor a ser expelido na forma de círculos. “Não são ocasionais círculos formados por vapor, mas o vulcão anda produzindo dezenas, se não centenas, no período de algumas horas”, explicou ao “Dailymail” .

O Monte Etna é o vulcão mais ativo e alto da Europa, situado na fronteira geológica das placas tectônicas da Europa e da África.

Em 2000, quando o vulcão produziu outra série impressionantes de anéis, dois especialistas, Dr. Jurg Alean e Dr. Maro Fulle, disseram a BBC que estas formações poderia ter sido formadas por emissões pulsantes de gases muito rápidos entrando em contato com a atmosfera. “A física desse evento parece ser bastante complicada e estamos tentando estabelecer uma explicação científica para isso”, disseram.

Outra especialista que se interessou pelo fenômeno, Sara Lane disse que os anéis medem, em média, de 100 a 200m. “Anéis de vortex são geralmente formadas quando o ar se mistura com vapor e fumaça depois de terem sido expelidos com violência de uma abertura circular”, disse.

O Monte Etna não é o único a ter o privilégio de expelir anéis. Já foram avistados círculos de vapor formados pelos vulcões Hekla, na Islândia, pelo Monte Aso, no Japão, e pelo vulcão Stromboli, na Itália.

Clique na galeria acima para ver fotos dos anéis produzidos pelo Etna. E, abaixo, separamos dois vídeos, o primeiro mostrando os círculos de vórtex produzidos por baleias e goldinhos, e o segundo com vídeos capturados do Etna, mostrado os círculos sendo expelidos.

 

 

Sem mais artigos