Russell Laman, de 13 anos, resolveu imitar o comportamento comum de peixes e abriu sua boca para ser limpada por camarões, num mergulho em Bali, na Indonésia.

O garoto mergulha com seu pai Tim Laman faz 7 anos e não se incomoda com os riscos que envolvem essa atividade. “Eu observei os peixes sendo limpos antes de tentar. Eu achei que seria bem legal experimentar”, disse o jovem.

“Eu me senti como se tivesse um minúsculo dentista cuidando dos meus dentes e se movendo por dentro da minha boca. Faz um pouco de cócegas, mas não é ruim”, explicou.

Observando os peixes, o menino aprendeu a retirar os camarões da boca quando quiser. “Eu percebi que o camarão, quando entra, está sempre atento à boca do peixe e, assim que começa a fechar, ele sai rapidinho”, comentou. “Eu faço a mesma coisa que o peixe: quando começo a ficar sem ar, eu começo a fechar lentamente a minha boca e ele sai”.

O comportamento dessas espécies de camarões é bem conhecido por biólogos e mergulhadores, mas o “uso humano” já é uma novidade. “É realmente incrível que esses pequenos camarões reconheçam a boca humana como análoga a uma boca de peixe”, disse o pai do garoto, Tim.

Comentando o feito do filho, Tim comenta que “é preciso ser um mergulhador com experiência para retirar o seu regulador a quase 23 metros de profundidade e abrir a boca para um camarão. É bastante incomum para uma criança da idade de Russel”, disse o pai coruja.

 

Sem mais artigos