O popular Zoológico do Bronx em Nova York celebrará o Dia dos Namorados (que nos Estados Unidos é comemorado em fevereiro) com uma campanha pouco habitual: pôr o nome dos apaixonados em baratas gigantes de Madagascar em troca de uma doação para preservar a espécie.

Segundo o site do zoológico, a iniciativa permitirá aos visitantes nomear um exemplar do animal por US$ 10 ou um casal por US$ 25 no dia 14 de fevereiro, quando se comemora o dia de São Valentim, patrono dos apaixonados.

 

Toda pessoa que participar da campanha receberá um certificado e um chocolate artesanal em forma de barata elaborado à mão pela chef Sabrina Berkowitz para que este ano “seja mais doce que nunca”, detalhou o site, acrescentando que os insetos também podem ser batizados com o nome de um ex-namorado ou da sogra.

Todos os fundos arrecadados serão entregues à organização não-governamental Wildlife Conservation Society, que trabalha para preservar a fauna selvagem em perigo de extinção.

A grande barata de Madagascar (Gromphadorhina portentosa) é a maior espécie deste inseto e pode medir até dez centímetros de comprimento, três vezes mais que a barata comum.

A espécie é muito popular como mascote graças a sua docilidade e o característico assobio que emite ao ser acariciada, mas sua importação está proibida em alguns países porque se reproduz com tanta facilidade que ameaça o equilíbrio do ecossistema e pelo perigo de transmissão de doenças.

Sem mais artigos