Quando se pensa em moda brasileira, não há dúvidas sobre o primeiro nome que vem à mente de todos: Alexandre Herchcovitch. O maior e mais conhecido estilista brasileiro completa 40 anos nesta quinta-feira (21) e comprova que moda não é para poucos, pois como ninguém ele disseminou tudo o que criou em todas as classes sociais. Quem compra na C&A e quem badala pelo luxuoso bairro dos Jardins em São Paulo, pode vestir sua marca.

O estilista paulistano, que começou a carreira fazendo roupas para drag queens e travestis, alavancou seu nome no cenário underground e fez com que a moda brasileira fosse reconhecida e respeitada mundialmente. Hoje em dia, além das roupas de sua grife, ele desenha peças que vão de sapatos até móveis e roupas de cama. 

Conheça um pouco mais sobre a vida e a carreira do estilista:

Alexandre

Alexandre Herchcovitch nasceu em São Paulo em 21 de julho de 1971 numa família judaica. Filho mais velho de Regina  e Benjamin Herchcovitch, irmão do administrador de empresas Arthur Herchcovitch. O estilista vem de uma família muito unida e feliz que lhe deu toda estrutura necessária para o sucesso na carreira e na vida. 

Bichos

É um apaixonado por cães e em 2010 aderiu à campanha Adotar é Tudo de Bom, da marca de ração para animais Pedigree. O estilista ofereceu 300 peças de seu guarda-roupa pessoal, como roupas, sapatos e acessórios, para uma venda especial, que terá a renda revertida para o programa. 

Caveira

O estilista gostava da imagem da caveira desde criança e resolveu tê-la como ícone para a marca logo após ter feito uma camiseta estampada com ela no final dos anos 80. Esta peça é reeditada de tempos em tempos e é um de seus hits de venda.

Dilma Roussef

Em agosto de 2010 Herchcovitch foi anunciado oficialmente como o personal stylist da então candidata à Presidência da República, Dilma Roussef. Porém logo começaram boatos sobre desentendimentos entre o estilista e a candidata e, faltando apenas dois dias para a eleição, ele fez um comunicado à imprensa sobre o fim da parceria:

“Devido à agenda de campanha e aos compromissos internacionais do estilista, o projeto de consultoria acabou não sendo efetivado. Devido a isso, em nenhum momento foram usadas criações ou sugestões de Alexandre Herchcovitch”.

Educação

Alexandre estudou em um colégio ortodoxo judaico quando adolescente. Em 1988 fez cursinho na Faap (Fundação Armando Álvares Penteado) em artes plásticas e cursou apenas um ano. Em 1990 começou a cursar Moda na Faculdade Santa Marcelina e em 1993, aos 23 anos, se graduou.

Fashion Week

O estilista ganhou notoriedade nacional e internacional através de seus desfiles na semana de moda paulistana e conquistou o mundo fashion. Hoje ele faz parte do calendário oficial da semana de moda de Nova York, possui 4 lojas no Brasil e uma em Tóquio e vende em dez países, além do Brasil. 

Gay

Alexandre e o empresário Fábio Souza estão juntos há quatro anos. Ele revelou em entrevista à coluna Sonia Racy, do Estadão, que não contou para ninguém sobre a união registrada em um cartório na Sé, em São Paulo, e que levou uma bronca da mãe em um backstage de desfile quando ela descobriu. “Não teve festa, nada. É um procedimento super simples. Na verdade, o cartório realiza união civil de pessoas do mesmo sexo. Eles fazem em média duas por dia.”

Hedonismo

Alexandre trabalha muito, mas também preza a felicidade e o prazer. Sempre foi figurinha carimbada na noite paulistana e brincando de ser DJ, se diverte entretendo os baladeiros com músicas que traduzem seu gosto eclético para as pistas.  Atuou como DJ em diversas baladas como o D-Edge (noite On The Rocks), Glória (noite Alelux) e  Ultralounge (noite Delight).

Imagem

Do menino que ia para a escola com os cabelos pintados de rosa, ao estilista consagrado na cena nacional e internacional. Para alguns, Alexandre até pode ter a aparência de um rebelde sem causa, mas a realidade é bem outra. O estilista sempre teve os pés no chão e desde os 13 anos de idade sabia o que queria fazer para ganhar a vida.

Judeu

As influências da educação recebida em colégio judaico ortodoxo e do circuito alternativo da noite frequentado na adolescência mais o desejo de questionar os padrões de criação de moda no início dos anos 90 formaram a base do estilo de Herchcovitch, característica que perdura até hoje, ganhando sofisticação e profundidade com o amadurecimento do trabalho.

Livro

Cartas a um Jovem Estilista – assinado por Alexandre Herchcovitch, é um livro repleto de dicas e conselhos valiosos àqueles que querem ser estilistas de sucesso ou profissionais renomados da área de moda. Hechcovitch não poupa palavras para trazer à luz os maiores desafios da profissão, assim como as conquistas e recompensas que esperam pessoas dispostas a se aventurar no mundo fashion.

Mãe

Talento vem de berço e foi ali mesmo dentro de casa que Alexandre teve o primeiro contato com a moda. A costureira Regina Herchcovitch, que tinha uma confecção de lingeries, foi a mentora do filho. Quando ele começou a se interessar por moda, foi ela quem o ensinou à arte de lidar com tesouras, linhas e agulhas. Foi a partir dos ensinamentos maternos que, aos 16 anos, ele começou a confeccionar roupas para si mesmo, para ela e para amigos mais próximos. Daí a se tornar o maior estilista brasileiro, foi questão de tempo.

Nova York

Alexandre fez oito temporadas de desfiles em paris e em 2004, substituiu a capital francesa pela Semana de Moda de Nova Iorque por razões comerciais. 

Objetividade

Alexandre diz que não demora mais de cinco minutos pra resolver um assunto. Seu conselho para as pessoas é que elas sejam objetivas. Afinal, ele tem 1001 assuntos pra tratar, não é mesmo?

Parcerias

As roupas não são tudo o que Alexandre Herchcovitch produz. Com o passar do tempo e com o sucesso de suas criações, marcas que comercializam os mais variados tipos de produtos quiseram associar seus nomes ao do estilista. Três das mais conhecidas parcerias são a linha de sandálias para a marca Melissa, a de homewear para a Zelo e poltronas e louças para a marca Tok & Stok.

Queridinho da família

Alexandre quebra o estigma de que o filho mais velho é o menos paparicado. A mãe largou a confecção de lingeries porque Alexandre precisava que ela o ajudasse em seus negócios – ela cuidava da produção das roupas da grife – e o irmão Artur era o responsável pela parte financeira. O pai Benjamim, nunca trabalhou diretamente com ele, mas o tieta o tempo todo e sempre se veste com a marca do filho da cabeça aos pés. Só em 2008 a família deixou de trabalhar junta e agora Regina e Artur têm juntos uma linha de roupas para gestantes, a Le Look.

Rebelde

Ele afirma que já foi muito subversivo no inicio de sua carreira, mas que depois da marca estabelecida deixou um pouco de lado esse espírito rebelde: “Antes, eu não tinha nenhuma preocupação comercial com a marca. Nem de me tornar uma grande marca. Hoje, a grife está estabilizada no mercado, tem seu público. No começo a minha moda foi muito mais revolucionária do que é hoje”, disse em entrevista à Isto É.

Sommer

Alexandre Herchcovitch é amigo de Marcelo Sommer há mais de 15 anos – desde a época da feira Mercado Mundo Mix. “Ele tinha um estande perto do meu e veio falar comigo. Ficamos amigos aos poucos”, conta. “Ele tem mania de se comunicar por mensagens de SMS. E é um amigo muito dedicado. Se você precisa contar uma história de 5 horas, ele ouve com interesse”, disse Alexandre em entrevista.

Tatuagens

Tem mais de uma dezena de tatuagens pelo corpo. Na mão esquerda, uma etiqueta tatuada serve de bloco onde anota recados à caneta.

Unidade

Sua equipe de apoio é sempre a mesma: beleza é Celso Kamura, a modelo musa é Geanine Marques que está em todos os desfiles e sempre entra com ele, Mauricio Ianes faz styling, Daniel Raad é o braço direito há muitos anos.

Vestidos

A cada temporada ele tem apostado em vestidos mais elaborados. Esta é uma peça de roupa que tem merecido destaque especial na construção da marca do estilista nas últimas temporadas.

Xadrez

O xadrez é muito usado em suas coleções com crash de estampas: Xadrez e poás, xadrez e floral, xadrez e listras. Tudo com a cara do estilista que leva às passarelas a moda que as pessoas vestirão nas ruas.

Zeitgeist

É um termo alemão cuja tradução significa “espírito de época”, o que traduz bastante a personalidade do estilista que ainda criança se inspirou no estilo de vestir da mãe e aprendeu com ela o ofício que o tornaria o mais importante estilista da cena nacional. Sua carreira traça um paralelo com os grandes acontecimentos da moda brasileira nos últimos 20 anos: ele traduz a essência da moda brasileira, a cidade de São Paulo como capital da moda no país e os caminhos que a moda tomará no futuro.


Sem mais artigos