Em prol de uma campanha contra o genocídio na região sudanesa, a artista plástica Nadia Plesner produziu camisetas que atingem moralmente a Louis Vuitton, e é claro que a grife não ia ficar quieta.

A peça tem o desenho de uma criança nua, com uma réplica da bolsa de luxo na mão e na companhia de um cachorro, que lembra o chihuahua de Paris Hilton, e é vendida por 35 euros. Toda a renda arrecada é revertida para o Divest for Darfur a partir desta campanha, que chama “Simple Living”.

A Louis Vuitton, em fevereiro, pediu para que Nadia tirasse de circulação a camiseta, por óbvios motivos de agredir os direitos de propriedade da marca. Porém, ela se negou a fazer isso, obrigando a grife francesa entrar na justiça.

Em uma declaração ao site TorrentFreak, a artista tomou as dores da campanha: “Já que não fazer nada, fora usar bolsas de grife e pequenos cachorros feios é suficiente para colocá-lo em capas de revistas, então vale uma tentativa para aqueles que realmente precisam de atenção”, reclamou ela.

Que bafão, hein?

Artista faz campanha beneficente e se dá mal

Sem mais artigos