Ruth Handler e seu marido Elliot Handler criaram a Barbie em 1959, tendo como inspiração a filha Barbara que adorava bonecas quando criança. Naquela época existiam apenas bonecas bebês e quando a menina se tornou adolescente, os dois tiveram a ideia de criar uma boneca com a mesma aparência física da menina.

Fofo não? Mas o que pouca gente sabe é que o modelo inicial da Barbie foi baseado numa boneca erótica alemã e era tão absurdamente parecida com a original que a Mattel (empresa do casal) teve de pagar uma indenização por plágio.

A primeira Barbie fabricada em versões loira e morena à esquerda e suas reedições à direita, já mais modernas

Desde o primeiro lote de fabricação da boneca (que era vendida a três dólares nos primeiros exemplares), a Barbie acompanhou a moda. Foi a primeira boneca a possuir maquiagem e também a receber acessórios – tudo sempre inspirado na moda da época.

Em 1961 ela ganhou o namorado Ken que também passou a ser um grande fashionista desde o seu lançamento, variando o corte do cabelo de acordo com a última tendência. 

A boneca que sempre foi feita considerando a moda em vigor no momento de seu lançamento, hoje em dia também influencia tendências e estilo, pois se tornou um verdadeiro padrão de beleza desejado por muitas mulheres: magra, esguia, loira, perfeitamente maquiada e produzida. Se referir a uma mulher como “Barbie” significa que ela possui pelo menos alguns dos pré-requisitos para ser considerada bela e até mesmo meiga e “certinha”. 

O desejo de ser uma Barbie é tanto que fez com que a americana Sarah Burge recorresse a mais de uma dezena de cirurgias plásticas para alcançar este sonho. Exageros à parte, a Barbie marcou gerações inteiras e continua até hoje – sempre associada a um padrão elevado de beleza e um enorme senso fashion.

Barbies para colecionadores

Nos anos 80 começaram a ser fabricadas Barbies em edições especiais e limitadas para a alegria dos colecionadores. A partir dos 90, foi criada uma coleção de alta-costura pelos designers da Mattel, inspirados em grandes costureiros, como Givenchy. Aliás, muitos estilistas famosos vestiram a boneca em várias ocasiões, como Christian Dior, Coco Chanel, Donna Karan, Giorgio Armani, John Galliano, entre muitos outros, e também marcas como a Gucci e a Levis.
 

Da esquerda para a direita: Christian Louboutain, Coco Chanel, Donna Karan e Vera Wang

Barbie e Ken também foram fabricados – e ainda são – em homenagem aos clássicos do cinema, teatro e televisão, como O Mágico de Oz, Cleópatra e I Love Lucy e também os mais atuais como Piratas do Caribe, a Saga Crepúsculo e Mad Men. Divas como Marilyn Monroe, Audrey Hepburn, Elizabeth Taylor e Vivien Leigh, tiveram Barbies vestidas à imagem das suas personagens mais famosas. 

Veja na galeria acima algumas das edições especiais de Barbie e Ken.

Sem mais artigos