[BANCO DE IMAGENS] rosto, creme, hifratação da pele, protetor solar

Crédito: Thinkstock

Além de nos incomodar, a acne pode deixar marcas mais profundas na pele. Isso porque quando uma lesão inflamatória (acne) perdura por muito tempo, é comum o aparecimento de cicatrizes. Mas segundo o dermatologista Dr. Abdo Salomão, cicatrizes têm tratamento, dependendo do estágio da acne.

O especialista respondeu todas as dúvidas sobre o assunto:

Como acontece

“As cicatrizes de acne invariavelmente são profundas, pois as glândulas das quais se originam as espinhas estão na derme profunda. Então, as fibras da pele têm sua arquitetura comprometida pelas espinhas”, explica Dr. Abdo.

Alteração da textura da pele

De acordo com o dermatologista, as lesões podem evoluir deixando manchas ou cicatrizes na pele, que podem ser atróficas (uma das mais comuns, onde ocorre um afundamento e afinamento da pele) e hipertróficas (excesso de tecido cicatricial resultando em elevação com deformação da pele). “Elas são visíveis e mudam o relevo, comprometendo a textura da pele”, comenta.

Como tratar

Para tratar as cicatrizes de acne atróficas, principalmente as mais profundas, é necessária a utilização de procedimentos como a radiofrequência microagulhada Eletroderme (da Plataforma Solon), que penetra profundamente na pele, promovendo coagulação, aquecimento e reorganização das fibras de colágeno (danificadas pela acne), segundo o médico. “As agulhas do Eletroderme ultrapassam a epiderme, emitindo ondas eletromagnéticas apenas nas camadas mais profundas da pele, preservando a superfície. Isso faz com que a temperatura da derme chegue até a 70ºC, estimulando a produção de colágeno e refazendo as fibras rompidas”, explica o dermatologista.

Como age

A ação do Eletroderme provoca o estímulo da regeneração celular por meio do processo de cicatrização, a proliferação de células-tronco e estímulo da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanquíneos). “Esta técnica pode ter ação até a derme média e, por possuir radiofrequência, realiza pontos de coagulação de efeito térmico”, acrescenta. O equipamento pode ser ajustado para atingir temperaturas de 55ºC a 100ºC.

Sessões

Durante o procedimento, o paciente pode sentir leve aquecimento no local. Para que os resultados sejam satisfatórios, são necessárias, em média, três sessões com intervalos mensais, dependendo da resposta de cada paciente, segundo o dermatologista. “O pós-procedimento é tranquilo, a recuperação é muito rápida, bem como o retorno do paciente às atividades. Em 15 dias já é possível ver os primeiros resultados. Os finais aparecem após quatro meses”, comenta.

Contraindicações

O procedimento é contraindicado para gestantes e pacientes com tendência à formação de queloide, e não deve ser feito em áreas do corpo com infecções.

 

Tratamentos caseiros que ajudam a melhorar a pele

Ingredientes:1 ovo ( só a clara)1 colher de sopa de amido de milhoComo fazer?Bata a clara em neves e depois acrescente o amido de milho. Misture até ficarhomogêneo e aplique no rosto de 2 a 3 vezes na semana, deixando agir por 15 minutos
A mistura ajuda a deixar a pele mais macia, pois retira a camada mais superficial da pele. Pode ser usado uma vez por semana
Ingredientes:1/2 abacate1 colher de sopa de azeite2 colheres de sopa de melComo fazer?Misture bem, aplique no rosto e deixe agir por 10 minutos. Enxague com água morna
Ingredientes:5 colheres de sopa de açúcar5 colheres de sopa de óleo de amêndoasComo fazer?Misture e aplique no rosto, colo e corpo 2 a 3 vezes por semana em movimentos circulares e suaves para não machucar
A recomendação é criar uma rotina de cuidado e aplicar diariamente após o banho já que a alta temperatura da água e o uso de sabonetes favorecem a perda do manto hidrolipídico – hidratante natural produzido pelo organismo cuja função é prevenir o ressecamento da pele e protegê-la das agressões do dia a dia.  Além disso, deve-se reaplicar sempre que identificar que a pele esta seca, sem brilho, com tendência a escamar.
Prepare uma máscara tonificante utilizando uma clara de um ovo, batida em neve e suco de 1/2 limão. Misture os ingredientes na batedeira durante três minutos e aplique a mistura na face. Deixe o creme agir por 30 minutos e depois lave bem o rosto
Ingredientes:Meio litro de águaTrês colheres de chá de folhas de salsaDetalhe: as folhas devem ser bem picadasFerver a água, desligar o fogo e acrescentar a salsa. Deixar abafado por dez minutos, coar e deixar esfriar.Quando esfriar, umedeça chumaços de algodão ou compressas de gaze e faça compressas no rosto, nas áreas com afetadas
O pepino colocado nos olhos geralmente é gelado, o que provoca uma vasocontrição e, com isso, dá a impressão de que as olheiras melhoram, mas é apenas temporário, porque na verdade o que ajuda é o contato com o frio

Cicatrizes causadas pela acne têm tratamento, diz dermatologista

Sem mais artigos