Desde março de 2011 o estilista John Galliano segue com um processo trabalhista contra a grife Dior, na qual foi demitido na mesma época por um ato racista do designer.

Mas na última segunda-feira (4), Galliano conseguiu um pequeno avanço no processo. O Tribunal de Relações Trabalhistas de Paris concordou em julgar o caso devido à complexidade dos contratos. Antes o caso estava sendo analisado por um tribunal comercial.
 

“O sr. Galliano talvez seja um empregado incomum, dada à natureza de sua posição e importância, mas ele sem dúvida é um empregado. Um contratado tercerizado teria todas as mordomias que foram cedidas a ele?”, afirmou ao “WWD” Chantal Giraud-van Gaver, advogada de Galliano.

Atualmente, Galliano está trabalhando no estúdio de Oscar de la Renta.

Durante a audiência, foi revelado o salário do designer antes do ocorrido. Confira abaixo:

Dior Couture

1) Seu salário anual bruto era, aproximadamente, de R$ 2,5 milhões fixos

2) Remuneração variável de R$ 1,8 milhões, mais um percentual vinculado ao aumento anual de vendas

3) Orçamento anual de roupas de R$ 77.136

John Galliano

1) Salário bruto de R$ 5,1 milhões

2) Orçamento anual de roupas de, aproximadamente, R$ 180.000

Sem mais artigos