Em janeiro o Virgula falou sobre o fato das irmãs Mulleavy, da Rodarte, não poderem receber os créditos pelos figurinos de Black Swan, caso o filme fosse indicado nessa categoria do Oscar. Pois bem, essa história deu mais assunto do que o esperado, pois a figurinista Amy Westcott, que então receberia as honras, resolveu se pronunciar a respeito da “controvérsia”.

Segundo Amy, as irmãs foram responsáveis apenas por sete figurinos. A figurinista quis deixar bem claro, que não está conspirando para que não haja o devido reconhecimento do trabalho das irmãs. “Controvérsia é uma palavra muito fraca para duas pessoas que estão usando seus consideráveis recursos de auto-divulgação para reclamar seus créditos, uma vez que perceberam o quão bom o filme é”.

Amy mencionou que tentou colocar de lado seu ego, para não prejudicar a imagem do filme na mídia, nem de seu trabalho, mas chegou no limite. “Quando os artigos me atacaram pessoalmente, como se eu tivesse conspirando contra elas (as irmãs Mulleavy) me senti traída”

A figurinista finalizou dizendo que está muito orgulhosa de seu profissionalismo e compromisso no trabalho e ter seu nome envolvido nessa “controvérsia” é muito irritante.

As informações são da Vogue Uk.

De todo caso, a categoria não foi indicada ao Oscar. Ironia do destino!

Black Swan estreia dia 4 de fevereiro no Brasil.

Sem mais artigos