Magreza excessiva é, com o perto do trocadilho, um prato cheio para polêmicas. Desta vez não é diferente. Mas, ao contrário de ser um modelo, o alvo são os manequins de uma marca de lingeries de luxo. As vitrines da La Perla, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, exibiram um manequim com as costelas à mostra.

A marca foi acusada nas redes sociais de estimular a anorexia, depois de um consumidor ter publicado uma foto no Twitter.

A foto foi removida da rede social, assim que começou a gerar polêmica, e a marca emitiu um comunicado sobre o assunto.

“O manequim fotografado foi retirado da loja e não será usado novamente em nenhuma boutique La Perla. Estamos no meio de um processo de reforma de todos os pontos La Perla com um novo modelo de concept store e, assim, os manequins que são atualmente usados não mais o serão”.

Grife de lingerie de luxo retira de vitrine manequins com costelas aparentes

Sem mais artigos