O estilista Roberto Cavalli está prestes a vender uma parte majoritária da sua grife para o grupo de investimento Permira (que também tem participação na Hugo Boss e da marca de calçados Dr. Martens). 

Segundo a Reuters, as negociações com o grupo estão girando em torno de €450 milhões (o que equivale a aproximadamente de R$1.400) e o acordo deve ser fechado ainda nas próximas semanas.

Grupos como o BNP Paribas e o UniCredit, também podem estar envolvidos na compra de ações.

Em 2009, Cavalli já tinha vendido 30% das suas ações para a empresa italiana Clessidra, e com essa nova venda, ele ficaria com algo entre 20% e 40% das ações.

Além disso, a grife estaria a ponto de anunciar o seu novo diretor criativo. O nome que deve assumir o comando é Alistair Carr, que é formado na Central Saint Martin e está atuando na McQ (grife comercial da Alexander McQueen) desde 2012.

Esse nome coloca por terra as especulações que diziam que quem assumiria a posição seria Peter Dundas, que já trabalhou como assistente de Cavalli ebtre 2002 e 2006.

Entre as grifes que Carr já passou estão a Christian Dior, Chloé, Thierry Mugler, Balenciaga, além de desfilar uma marca homônima.

 

Sem mais artigos