Quando as pessoas começam a achar que Lady Gaga não tem mais o que inventar em seus figurinos malucos, a cantora surpreende novamente! Segundo o britânico “The Sun”, Lady Gaga teria encomendado à sua equipe um chapéu feito de baratas vivas após saber que um estudo que constatou que os insetos reagem mais às suas músicas do que às de qualquer outro artista.

“Ela apelidou as baratas de ‘meus monstros da vida real'”, disse a fonte. 

A inspiração de Gaga surgiu através de um estudo realizado no colégio Cooper Union, em Nova York (EUA), por quatro adolescentes que faziam pequenos experimentos com os insetos. Um deles envolvia controlar os movimentos das baratas por meio de impulsos elétricos, que eram transmitidos por eletrodos fixados em suas asas. Quando os insetos se acostumaram aos pulsos e pararam de responder a eles, os pesquisadores resolveram testar com música e foi ao som de “Bad Romance”, de Lady Gaga, que começaram a se movimentar novamente (elas ignoraram grupos de rock como Weezer e Avenged Sevenfold).

Apesar do estudo, temos nossas dúvidas… A ideia da cantora de usar baratas vivas em seu figurino surgiu logo após o acidente do último final de semana quando um bailarino bateu em sua cabeça com uma barra de ferro… Até que faz sentido, não?

Sem mais artigos