Marc Jacobs falou pela primeira vez sobre uma possível ida para a Dior, conforme especulou a imprensa internacional  nos últimos meses, após a informação de que não houve acordo salarial com a Louis Vuitton, onde comanda a criação artística da marca.

O estilista comentou o caso em entrevista à Vogue norte-americana. “Houve conversas sobre a Dior. Não sei, talvez algum dia no futuro posso ir para outro lugar, talvez para a Dior. Mas agora estou na Louis Vuitton e tudo o que me importa é onde estou e continuar fazendo o que faço… A ironia nisso tudo é que nunca sonhei em fazer outra coisa – ou não sonhava.

Além disso, Jacobs ainda falou sobre Lorenzo Martone: “Somos melhores amigos… Nós nos falamos, não sei, seis vezes por dia” e também sobre as críticas que recebe. “De verdade, acho que toda mulher que vem à nossa loja compra um vestido porque gosta dele. Ela não liga para quais são as referências ou o que a crítica escreve. Moda não é uma necessidade. É algo que fala ao seu coração. É um capricho. Você não precisa dela – você a quer.”



Marc Jacobs comenta rumores sobre mudança para a Dior em entrevista

Sem mais artigos
Sair da versão mobile