Jojo Todynho

Divulgação Jojo Todynho

Apesar de ter apenas 20 anos, Jojo Todynho já era conhecida antes de Vai, Malandra e Que Tiro Foi Esse. A cantora e compositora, no entanto, quebrou todas as barreiras para se tornar um ícone não apenas da música, mas da moda e estilo.

Jordana Gleise de Jesus Menezes, mais conhecida pelo nome artístico Jojo Todynho ou Jojo Maronttini, é uma batalhadora. Antes de se tornar uma estrela, ela camelô, vendeu picolé no trem e trabalhou em um parque de diversões.

Saiba o que a rainha dos memes tem a dizer sobre música, internet, luxos e perrengues:

Você teve uma série de profissões antes de ser cantora, isso te ajuda a ser popular e dar os “tiros certos” de alguma maneira?
Jojo Todynho – Acho que aquilo que você passa na vida, suas lutas , suas dificuldades te fazem mais forte e pronta pra qualquer desafio, nesse ponto sim.

Como que surgiu a faixa Que Tiro Foi Esse?
Jojo – Foi do meu empresario DJ Batata e do Petter Correa, mas essa expressão é muito usada por mim e pelo meus amigos e amigas.

Qual é o segredo para fazer sucesso na internet?
Jojo – Ser verdadeira. Eu não tenho medo de falar o que penso e acho que falta um pouco mais disso por aí. O povo gostou.

Como é ser inspiração para outras mulheres, especialmente negras e gordas, que até pouco tempo tinham que lidar com um padrão de beleza que tem mais a ver com a Europa que o Brasil?
Jojo – Meu padrão sou eu! Eu apoio a diversidade, temos que ser o que a gente quer ser. Ninguém é obrigado a amar alguém não, mas tem que respeitar sim. Autoestima é tudo.

A moda e as músicas nascidas em comunidade hoje são sucesso mundial. Acha importante a favela ser apontada como “cool” e não mais ser associada à pobreza e violência?
Jojo  – Moda passa, o que a gente vive numa comunidade não. São memórias que fazem a gente mais forte e preparada para enfrentar as batalhas da vida. Não vivemos somente a violência, tem muita gente boa, muita coisa boa também. Você nunca fica sem café ou açúcar na mesa, porque tem sempre alguém ali, pronto pra te ajudar.

'Meu padrão sou eu', diz ícone da música e estilo Jojo Todynho, de 'Que Tiro Foi Esse'

Sem mais artigos