Miley Cyrus não cansa de chamar atenção. O Virgula Lifestyle já tinha adiantado aqui sobre a parceria da cantora com o estilista Jeremy Scott na Semana de Moda de NY, certo? Bom, a coisa toda se concretizou numa linha de acessórios batizada de Dirty Hippie, que foi desfilada esta semana junto com a coleção de primavera-verão 2015 do estilista americano.

Mas qual a polêmica nisso, você se pergunta neste momento. Miley criou brincos em formato de folha de maconha, colar de cigarro mesclando com a fofura de pompons, pingentes de doces e muitos ursinhos. “Sou uma criadora”,  declarou ela que também afirmou ter montado grande parte dos acessórios com peças encontradas em lojas de 1,99.

“Sempre fiz arte, e ultimamente tenho feito bastante esculturas. Acho que acessórios também são esculturais, só são moldados para fazer parte de nossas vidas”, disse Miley. Outro detalhe: ela também criou esculturas no mesmo estilo, para uma exposição de arte que começa nesta quinta-feira (11), no escritório da revista V Magazine, da qual ela é capa este mês. 

A ideia de incoporar as criações da cantora nas passarelas foi do próprio Jeremy Scott. “Estava em um churrasco no dia da Independência na casa dela, e Miley me perguntou sobre os desfiles”, revelou Scott, que assina também os modelos que a cantora usa nos shows da turnê. “Comecei a falar sobre minhas ideias, e começamos a terminar as falas um do outro! Então ela me pediu para criar algo para a coleção, e eu disse ‘Claro!'”

“No início, não sabia se ela estava falando sério ou não, mas então eu a liguei, e ela estava muito comprometida! Nos falávamos todos os dias, e as bijuterias realmente combinavam com as roupas”, completou o designer.

Dá só uma olhada nos acessórios que Miley Cyrus criou:

 

 

Sem mais artigos