A modelo holandesa Ananda Marchildon, vencedora do reality show “Holland’s next top model” em 2008, ganhou um processo contra a agência Elite após ter sido dispensada por alegações de ter quadris muito largos.

Como prêmio pela vitória do programa, ela ela deveria ter ganho um contrato de 75 mil euros (cerca de R$ 173 mil) com a agência. Mas Marchildon disse ter sido dispensada quando tinha conseguido apenas US$ 13 mil com trabalhos na Elite.

Nesta quarta-feira (7), o tribunal afirmou por escrito que Marchildon tinha 92 centímetros de quadril na época em que assinou o contrato e que a “Elite, portanto, não poderia exigir que ela diminuísse a medida para 90 centímetros”.

Com a vitória do processo, ela conseguiu cerca de US$ 85 mil por danos (cerca de R$ 150 mil).

Modelo vence processo contra agência que a demitiu por ter quadris "muito largos"

Sem mais artigos