O Pai de Amy, Mitch Winehouse não ficou nada feliz com a homenagem que Jean Paul Gaultier prestou à cantora, em seu desfile da Semana de alta-costura, que aconteceu na última quarta-feira (25.01). Em entrevista ao jornal The Sun, ele criticou a atitude do estilista e falou sobre o descontentamento da família. 

“Nossa família ficou chateada em ver as fotos, estamos em choque. Ainda estamos em luto e tivemos uma semana difícil pelo aniversário de seis meses da morte de Amy. Ver a imagem dela copiada para vender roupas foi algo que não esperávamos. Somos orgulhosos de sua influência na moda, mas ver modelos fumando cigarros com um quarteto de barbearia cantando sua música foi de mau gosto. É um retrato de Amy em um dos períodos mais perturbadores de sua vida. Isso foi muito triste para nossa família”, desabafou Mitch ao The Sun.

O pai da cantora ainda completou que ninguém pediu permissão à família e que a “homenagem” foi apenas uma forma que Gaultier encontrou de ganhar dinheiro. “Ninguém nos pediu permissão ou ofereceu para fazer uma doação à fundação”.

Para o estilista, Amy foi um ícone da moda  e “a maneira com a qual ela combinava as peças era incrível”. 

Pegou mal?



Sem mais artigos