A edição 2013 da edição de roupas de banho da revista Sports Illustrated está chamando bastante atenção e não por conter modelos lindas vestidas com pouca roupa. Tendo como tema “os sete continentes”, modelos de biquíni posaram em países como China, Austrália e Espanha. O problema para alguns, no entanto, foi retratar as modelos ao lado dos nativos de cada local de maneira que fez que com que parecessem “adereços exóticos” nas fotos.

Para críticos, entre eles o site Jezebel, as fotos são racistas e desrespeitosas, sobretudo duas que fazem parte do ensaio. Em uma delas, a modelo Anne V aparece sentada de biquíni em um barco em Guilin na China, ao lado do barqueiro, um homem mais velho vestindo um traje típico daquele país. A outra foto, mostra a modelo Emily DiDonato carregando uma lança no deserto africano com um homem vestido usando uma tanga e acessórios tribais.

O site Jezebel acusa a revista de perpetuar velhos estereótipos colonialistas e de usar os nativos como acessórios de moda, enfatizando a “centralidade” das modelos brancas.“Essas fotos atestam estereótipos e perpetuam um desequilíbrio na dinâmica de energia. É uma reminiscência de séculos de colonialismo (e trabalho escravo) e serve como um bom exemplo da criação de uma centralidade da pele branca usando pessoas ‘exóticas’ como adereços de moda”.

Essa não é a primeira vez que a revista é criticada pelo uso de habitantes nativos. Em uma ocasião, ela foi acusada de usar crianças em Bali em uma sessão de fotos.

Sem mais artigos